Este país precisa de crescer…

… não economicamente, mas em valores morais, sociais e humanos.

O Cardeal D. Saraiva Martins disse: “A homossexualidade não é normal… uma união homossexual onde há crianças não pode dar uma educação normal a essa criança…”

Depois do que ouvi no debate de segunda-feira passada, no programa Prós e Contras, na RTP,  sobre casamento e homossexualidade, depois de ouvir as mais recentes declarações feitas por figuras da igreja portuguesa, chego à conclusão de que temos ainda um longo caminho a a desbravar contra a homofobia neste país…

14 Respostas to “Este país precisa de crescer…”

  1. Olá Sónia!
    De uma coisa eu tenho certeza. Não sou homofóbica. Mas, deixa-me discordar de ti e dizer-te que a homosexualidade masculina e/ou feminina está mais do que estudado e comprovado que é um comportamento desviante. Venha lá quem vier.
    Tu nasceste da união de um homem e de uma mulher que se amaram. É a natureza, e contra ela nada podem fazer.
    Fica bem.

  2. Olá Sónia.
    Já vi que está “presa” nessa tecla. Já vi, de igual modo, que não há forma de a fazer ver as coisas de outra forma. Posto isto, pergunto-lhe: o que ganha o país e o mundo com a proliferação dos homossexuais? Aponte vantagens, benefícios.

    O país precisa crescer em valores morais? Onde está a moralidade da homossexualidade?
    Quando fala em moralidade deve estar a referir-se à maioria, aos cidadãos comuns, ou não? Moralidade de quem?

    Não gosto de ir a casa das outras pessoas “importuná-las” mas, este assunto mexe muito comigo….

    Já pensou que qualquer dia os assaltantes, homicidas, traficantes de droga também poderão reivindicar novas leis para eles serem aceites como NORMAIS? Também são cidadãos, tb têm direitos, tb têm prazer no que fazem.

    Em relação ao comentário do D. Saraiva Martins: foi das poucas coisas bem ditas que ouvi alguém (importante) da igreja católica a dizer- sobre a homossexualidade e sobre o casamento com muçulmanos (refira-se muçulmanos radicais e no país e famílias de origem).

    Sónia, o que mais me revolta nos homossexuais é que querem impingir aos outros as suas práticas (que não vou adjectivar).

    Até mais.

  3. soniapessoa Says:

    Gorgeous, nunca ninguém me ouviu dizer que uma criança nasce de uma relação homem/homem, ou mulher/mulher, ao mesmo tempo que ainda ninguém me conseguiu provar que, apesar de uma relação homossexual fugir aos padrões, por nós, enunciados como “normais”, isso seja impedimento de uma criança crescer feliz e saudável num ambiente diferente… só diferente, não é mau, nem bom, é só diferente.

  4. soniapessoa Says:

    Caro C Narciso, não sei se se apercebeu mas no seu último comentário sobre este assunto, eu não lhe respondi… não foi distracção minha, nem falta de tempo, foi mesmo uma opção minha não fazê-lo. Isto porque, quando alguém vem a minha casa e compara homossexuais com assaltantes, traficantes ou homicidas, não me merece resposta. Não é por isso aqui bemvindo.

  5. Isabel Leite Says:

    Senhor Narciso, a mim parece-me que o senhor não passa de um homossexual não assumido, recalcado, uma vez que este assunto mexe muito consigo, segundo as suas palavras. Assuma-se, saia do armário. Pode ser que assim seja mais feliz e deixe os outros em paz. Comparar homossexuais com criminosos? Os homossexuais não têm opção de escolha. Nasce-se assim. E ser criminoso é uma opção. Sinceramente, desejo-lhe a si muitos filhos todos homossexuais para depois saber viver e conviver com o estigma da homossexualidade. Ah, e já agora, os homossexuais não impingem nada a ninguém. Não são como o senhor que quer convencer os outros a entrarem no seu preconceito também.
    Graças a Deus que os meus filhos não são como o senhor, porque embora crianças, são muito mais humanos!

  6. Olá Sónia

    Estás enganada amiga…. não é contra a homofobia, é contra a descriminação e o preconceito em geral..

    É triste..mas este é o país em que vivemos.

    Beijinho amiga
    Jorge

  7. Sónia,
    Não é nada triste o nosso país… muito pelo contrário! Um beijinho para ti, apenas sentimos e vivemos as coisas de maneira diferente.

  8. Olá sónia.
    Já tinha percebido que não sou aqui bem vindo; isso não me aquece nem me arrefece.
    Enquanto houver pessoas a afirmarem que a homossexualidade é normal, não me calarei. Como já disse e repeti, tolero essas pessoas, como tolero tantas outras mas, jamais poderei aceitar que digam que são normais e muito menos que andem na praça pública a gabarem-se dessa “aberração”.
    Certamente não tem visto manifestações de pessoas hetero, com os seus filhos na via pública a exibirem-se. Porque razão havemos de presenciar “aberrações” cheias de correntes ao pescoço e fatos de cabedal, barba na cara e etc a beijarem-se em ar de provocação? Os homossexuais estão errados, logo, devem manter-se no seu canto e fazerem o que gostam, sem o publicitarem!

    Até mais!

  9. Senhora Isabel Leite, bom dia para si. Obrigado pelo comentário que me dirigiu.
    Já escrevi tantos textos sobre este assunto que já não consigo precisar onde os escrevi (se fosse possível lê.los todos compreenderia melhor as minhas afirmações).
    Escrevi algures que entendo os homossexuais que nasceram com demasiadas hormonas do sexo oposto e, dessa forma, sentem-se atraídos por pessoas do mesmo sexo que ele. Houve um defeito de “fabrico”. Ponto.
    O que estamos a assistir nos dias de hoje é uma tentativa de generalização dessas práticas e, mais grave ainda, impo-la como NORMAL. Parece-me que há uma “moda” em ser gay.
    Se uma pessoa adulta decide seguir esse rumo, lá terá as suas razões- muitas vezes causadas por desilusões amorosas ou qqer coisa do género.
    Mas. Uma criança com a personalidade em formação e que absorve tudo o que a rodeia, como poderá formar-se correctamente tendo dois pais ou duas mães? Precisa das duas experiências- o pai tem coisas importantes para lhe ensinar e a mãe também. Só com as duas experiências terá uma formação completa, correcta e adequada.
    Quando comparo os homos com os criminosos é porque vejo que ambos enveredaram dolosamente por um caminho diferente do normal da sociedade.

    Falam nos textos de discriminação e preconceito- pelo que vejo, são os homossexuais os mais preconceituosos.
    A minha política é: assistir calado ao teatro da vida, observando o que me rodeia; quando algum assunto me diz respeito ou quando me querem impingir algo, não prescindo de mostrar o meu ponto de vista. Eu sigo a minha vida e os outros seguem a deles. Ficando todos esclarecidos do ponto de vista de cada um.
    Obrigado.

  10. Sónia, esqueci-me de uma coisita….
    O mundo não é só feito de pessoas que concordam consigo. Se a senhora tem uma opinião e manifesta-a, tem que aceitar a opinião dos outros.
    Se toda a gente tivesse que ter a sua opinião, ainda fariam uma lei para comprar todos os seus livros.
    Um beijo para si!
    Até mais.

    • soniapessoa Says:

      Vamos lá a ver se me faço entender… há uma grande diferença entre iguall/diferente e normal/anormal… há uma grande diferença entre a Idade Média e o Século XXI… há uma grande diferença entre tábuas rasas e educação, e eu acredito que desde o tempo das cavernas o homem se foi educando, evoluindo, permitindo-se assim melhorar como ser humano, ser racional que se diz ser… quem define ao longo da história o que é a normalidade?… eu aceito diferentes formas de pensar sobre este assunto, considero-me uma pessoa bastante tolerante, tolerância esta que tem limites quando se ofende, estigmatiza e inferioriza quem é apenas diferente de nós. Aqui todos são bemvindos, desde que a linha entre o respeito e o desrespeito não seja ultrapassada.

  11. Mais do que tolerância, Sónia, este país precisa de pessoas que saibam aceitar os outos como são, em vez de os pretenderem talhar à sua imagem.
    Ontem, no Delito de Opinião, abordei este tema e a caixa de comentários encheu-se de posições pró e a favor. As pesoas radicalizam posições, mas têm dificuldade de argumentar. Discute-se muito, mas pensa-se pouco!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: