Arquivo de cultura

Feira do Livro de Braga

Posted in Uncategorized with tags , , on Maio 4, 2009 by soniapessoa

Hoje terminou mais um certame da Feira do Livro de Braga… e ainda bem… ainda bem que terminou, porque para espectáculos deprimentes já me chegam os circos decadentes que passam por esta cidade, que aterram num espaço exíguo aqui perto de casa, com animais maltratados e encurralados, tal e qual a Feira do Livro de Braga, exígua na qualidade e encurralada numa cidade que teima em não se desenvolver… tirando a imensidão de prédios que crescem desmesuradamente por aí fora, sem inquilinos suficientes que os habitem, as estradas, os túneis, os parques de estacionamento… o cimento afinal. E a cultura? E o circo? E a qualidade? 

Flashs do Dia…

Posted in Flashs do Dia... with tags , , , on Julho 18, 2008 by soniapessoa

“Os pianistas Mário Laginha e Bernardo Sassetti efectuam domingo um recital, que assinalará a inauguração do Auditório ao Ar Livre da Quinta das Lágrimas, às 18h00, em Coimbra”

Um fim de tarde que promete…

Dia Mundial da Criança… faltam 4 dias

Posted in Dedicatórias with tags , , , , , on Maio 28, 2008 by soniapessoa

PRINCÍPIO 7º

A criança terá direito a receber educação, que será gratuita e compulsória pelo menos no grau primário.

Ser-lhe-á propiciada uma educação capaz de promover a sua cultura geral e capacitá-la a, em condições de iguais oportunidades, desenvolver as suas aptidões, sua capacidade de emitir juízo e seu senso de responsabilidade moral e social, e a tornar-se um membro útil da sociedade.

Os melhores interesses da criança serão a diretriz a nortear os responsáveis pela sua educação e orientação; esta responsabilidade cabe, em primeiro lugar, aos pais.

A criança terá ampla oportunidade para brincar e divertir-se, visando os propósitos mesmos da sua educação; a sociedade e as autoridades públicas empenhar-se-ão em promover o gozo deste direito.

A Minha Filhota Mais Velha

Posted in Dedicatórias with tags , , , , on Abril 28, 2008 by soniapessoa

Isto de ter 38 anos, e uma filhota pertinho dos 15, obriga-me, às vezes, a calçar umas sapatilhas e correr ao mesmo ritmo que ela. Sim, porque a vida agora não anda a vapor, não corre a electricidade, mas sim à velocidade de um TGV.

Cá em casa, o regime em vigor é, obviamente, o democrático, mas também com, óbvios, limites ao anarquismo, e, por isso, toda a gente opina e participa na vida de uns e outros. Assim, também eu peço a contribuição de todos nesta aventura, que é este blog. Pedi, então, à minha filhota mais velha que sugerisse um tema musical para o dito cujo.

A minha filhota mais velha é uma excelente aluna (eu sei que ela faria tudo para apagar este post, mas, azar, não tem a password :))… não preciso de lhe dizer para estudar, fazer um teste, e ter boa nota, faz parte de um dia-a-dia escolar normal. E para descontrair, a minha filhota mais velha, de mp3 em riste, rodeia-se de livros, romances e não só, e lê-os com uma avidez, pouco normal desta idade. A minha filhota mais velha, elabora listas e listas de livros que vai procurar à Fnac e quase nunca encontra. Porque não lhe chega comprar livros e livros, têm de ser na versão inglesa, ou seja, é o mesmo que dizer que espera três semanas para que estes venham dos Estados Unidos. 

E enquanto espera, a minha filhota mais velha, passa horas no computador a fazer montagens de imagens no Photoshop, e afins. E, enquanto os livros não vêm, ainda lhe sobra tempo para participar em concursos literários, na net. Ou seja, escreve romances, de páginas e páginas, e claro está, para que não haja dúvidas, escreve-os em inglês, pois, diz ela, é mais fácil…

No meio disto tudo, sempre de mp3 em riste, ainda arranja tempo para dizer à mãe, o quão esta é ignorante quando, a pobre, (que sou eu), pensava que a frase “Oh mar salgado, quanto do teu sal são lágrimas de Portugal” era de Camões e não, “como toda a gente sabe”, diz ela, é de Fernando Pessoa.

A minha filhota mais velha é um espectáculo… e, sempre de mp3 em riste, quando me disse que ía sugerir uma música para o meu blog, eu pensei: “ok, deve vir para aí Mozart, Bethoven, ou coisa do género… só pode! Então, sugeriu que eu aqui pusesse uma música que muito lhe agrada: “Numb” dos Linkin Park.

Ok. E quem são os senhores? Não queria parecer ignorante na matéria, mas rapidamente percebi que estou completamente fora do circuito musical da minha filhota mais velha.

Apresenta-me, então, os Linkin Park, e devo confessar que fiquei feliz. Apesar de não fazer a mínima ideia de quem são os senhores, fiquei realmente feliz. Assim, aqui fica a sugestão, que deixou de ser uma sugestão e passou a ser uma homenagem ao espectáculo de filha com que fui divinamente presenteada…

Linkin Park (clicar em baixo)                                                                http://www.youtube.com/watch?v=nCM6n86P-G4