Ser Diferente é sempre bom?

O Ricardo é diferente… dizem… o Ricardo gosta de ajudar, é diferente… dizem… o Ricardo na escola prefere a companhia das meninas, é diferente… dizem… o Ricardo gosta de ouvir Rita Guerrra, é diferente… dizem… o Ricardo é um bom amigo, é diferente… dizem… o Ricardo é um menino de 13 anos, diferente… dizem… por isso teve direito a tratamento especial, a ser insultado pelos colegas, a ser ofendido, humilhado e até agredido fisicamente… por ser diferente… digo… o Ricardo há três anos atrás foi à TVI denunciar os maus tratos de que era vítima, voltou hoje, sem saber, para ser homenageado pelas amigas que o admiram pela coragem que tem demonstrado perante a intolerância e cobardia de outros, por ser diferente… confesso que olhei para o Ricardo de todos os ângulos possíveis no televisor, escutei cada palavra, cada gesto, cada olhar… e não vi diferença nenhuma… vi só um menino mais sensível, mais generoso, mais humano, que o resto dos colegas que o maltrataram por ser um pouco mais que todos nós…

Nota: O Ricardo até nem gostava de Rita Guerra, nunca lhe tinha prestado atenção, até ao dia em que “Secretamente” foi tema de uma novela que abordava a violência doméstica, de que também ele era vítima, não em casa, mas na escola, onde é suposto crescermos felizes e seguros.

Eu acredito no ser humano, na generosidade que nos caracteriza, no amor imenso que podemos sentir, na nossa capacidade em mudar o mundo… mas pergunto, até quando? Quantos Ricardos vão ainda nascer, crescer e sofrer nas mãos da intolerância sobre a diferença, que afinal não é nenhuma?

7 Respostas to “Ser Diferente é sempre bom?”

  1. Isto fez-me lembrar outra coisa. Vai aqui http://laurindaalves.blogs.sapo.pt/203984.html hoje em dia parece que ser sensível é errado. Quantos mais serão vítimas de bullying. Esperemos que sejam fortes e que acima de tudo saibam dar a volta por cima e acreditem neles próprios.
    Beijinho

  2. Ai amiga como estas coisas me revoltam!!!!
    Estou cansada de que cada vez mais “Ricardos” surjam por aí! Todos somos humanos, mas cada um tem o direito a uma maneira de ser, de agir, de pensar… há que lutar contra isto!!!

    Respeito precisa-se!

    Beijinhos
    Sofia

  3. certo é que nós, seres humanos, nao nos damos muito bem com a diferença. E a reaçao acaba sendo a pior. Mas o pior de tudo isso é, até hoje, nao termos aprendido com nossos erros

  4. Pois, o pior é mesmo quando as coisas acabam mal, como aconteceu com o Alexandre, quando já não há retorno possível e se destroem vidas por razões tão imcompreensíveis como estas… beijinhos

  5. Olá amiga! Adoro o teu Sorriso da Lua!…rsss… infelizmente, amiga, há pessoas que se acham detentoras do poder de decidir quem tem direito a ser ou a deixar de ser feliz… temos todos de estar atentos e fazer a diferença na diferença. Beijinhos

  6. É verdade Karolina… tem a ver com a nossa dificuldade um olhar para o lado e parar de olhar para o nosso umbigo… beijinho

  7. Estamos a formar uma sociedade formatada para o descartável e tudo igual.A médio prazo vamos sofrer todos com isso.
    bom fds

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: