Flashs do dia… censura? pudor?…

Tenho estado a pensar que frase introdutória ponho aqui… acho que não preciso de pôr nenhuma, o texto é em si bastante esclarecedor… Portugal (do séc .XXI) no seu melhor…

O livreiro a quem a PSP de Braga apreendeu cinco exemplares de um livro que reproduz na capa uma pintura de Gustave Courbet, por a considerar “pornográfica”, vai recorrer aos tribunais.

Em declarações à Lusa, António Lopes adiantou que vai, também, enviar exposições ao Presidente da República, e aos grupos parlamentares da Assembleia da República: “sei que a PSP não recebeu ordens do ministério da Cultura, mas a verdade é que se sentem, actualmente, à vontade para o fazer”, afirmou.

Para o empresário, “esta deve ter sido a primeira vez que um livro foi apreendido depois do 25 de Abril”.

A Lusa tentou contactar o Comissário Henriques Almeida, subcomandante da PSP de Braga mas não conseguiu, até ao momento, obter uma reacção.

António Lopes adiantou que os três agentes policiais entraram na tenda onde está a decorrer uma feira de livros de saldo, e elaboraram um auto no qual afirmam terem apreendido os livros por ter imagens pornográficas expostas publicamente.

Os agentes argumentaram que alguém havia feito queixa do facto e que se tratava de uma medida cautelar que teria, depois, de ser validada pelo Tribunal.

A apreensão – garantiu António Lopes – não só não afectou a presença de público como até a aumentou. “Tem vindo muita gente ver os livros e manifestar-nos solidariedade”, disse.

O quadro do pintor oitocentista – tido como fundador do realismo em pintura – expõe as coxas e o sexo de uma mulher, sendo, por isso, a sua obra mais conhecida. Pintado em 1866, está exposto no Museu D’Orsay em Paris.

Em declarações, António Lopes manifestou-se “indignado” com a atitude da PSP: “isto é uma vergonha, um atentado à liberdade”, afirmou.

O empresário, é um dos sócios da distribuidora ‘Inovação à Leitura’, de Braga, que organizou a Feira do Livro em Saldo e Últimas Edições, que está a decorrer, até ao dia 8 de Março, na Praça da República – vulgo Arcada – no centro de Braga.

Segundo os especialistas, Gustave Courbet era já um pintor “conhecido em França pela sua destreza técnica mas sobretudo pela sua atitude crítica e corrosiva em relação à sociedade burguesa, que não perdia ocasião de afrontar”.

Courbet, um socialista convicto, ao representar frontalmente as coxas e o sexo de uma mulher, com o quadro A Origem do Mundo abalou profundamente o meio artístico, tendo a sua exposição pública sido proibida na época. “

3 Respostas to “Flashs do dia… censura? pudor?…”

  1. Bem, parece que estamos a voltar à época…

    Boa Semana.

  2. Pelos vistos estamos a voltar à Época!
    Bjinho, RS.

  3. Olá

    Tinha lido sobre isto no Arrastão….. na altura imaginei que havia policias com excesso de zelo….. agora verifico que como no caso de Torres Vedras, há pessoas com pudor a mais….. há muita gente neste país com uma mentalidade muito pequenina. Como é que alguém vai fazer queixa à policia porque não gostou de ver uma capa de um livro?

    Enfim
    Beijinho Sónia
    Jorge

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: