Há coisas que me tiram do sério… e umas mais que outras…

Hoje, enquanto tomava o pequeno almoço, dei uma espreitadela no blog do amigo Luís Castro… senti um nó no estômago, arrepiei-me, o nó no estômago desatou-se e passei a senti-lo às voltas, os nervos apoderaram-se de mim e apeteceu-me esmurrar alguém… obviamente o pequeno almoço caiu-me mal… o país em que vivemos caiu-me mal… aqui fica o motivo…

http://cheiroapolvora.blogs.sapo.pt/60110.html

Não se me ocorre mais nenhum comentário que não um enxorrilho de asneiras e expressões menos educadas… fico em silêncio em sinal de protesto!

12 Respostas to “Há coisas que me tiram do sério… e umas mais que outras…”

  1. Olá Sonia

    O meu post de hoje vai ser sobre isto… e não, não estou de acordo com o Luis, nem com a tua idignação… e temo que se esteja aqui a criar outro caso como o Esmeralda, tenho pena… mas a mim não me choca nada.. até porque quem ler as noticias todas vai perceber que a senhora já tinha faltado a duas convocatórias para se apresentar na segurança social.

    Convido-te a ti.. e ao resto dos teu leitores a ler o que escrevi em Novembro de 2007 sobre um caso parecido com este:
    http://oqueeojantar.blogs.sapo.pt/12300.html

    Tu conheces-me e aos meus blogs e sabes que não falo de cor… como infelizmente acontece com a maioria das pessoas.

    Beijinho e bom fim de semana
    Jorge

  2. Pois toda a gente tem razão mas quem sofre é a criança e a quem a ela se afeiçoa! E mais não digo…somente que tens prémio à espera. amigos infornautas e blog dos afectos! Parabéns!
    RS, bjinhos.

  3. Tem um miminho para ti no meu blog!!🙂

    Beijinhos gds!!!

  4. Olá, Sónia!

    O Splish, Splash tem um desafio para ti.

    Vai lá!

    Abraços

  5. Ai Sonia estas situacoes so me fazem agradecer a Deus por ter tido a sorte que tive e rezar para outras criancas possam ser felizes.
    Nao consigo dizer mais nada…..desculpa.
    Beijinho.

    • soniapessoa Says:

      Miepee… desculpa eu! Mas é preciso denunciar estas situações para que de uma vez por todas se preste atenção aos interesses das crianças que sofrem em resultado dos erros dos adultos. Beijinho grande

  6. Sónia,
    o mesmo Estado que não cumpriu a sua obrigação, abandonando a criança durante 3 (!!!) anos, é agora quem arranca a criança dos braços da “mãe” alegando o cumprimento da lei.
    A mesma lei que ele não cumpriu.
    A lei não pode ser “cega” neste caso.
    Tiraram a menina à única pessoa que tratou dela, que lhe deu todo o amor e carinho, com quem ela criou laços de mãe e filha, para a entregarem a um lar onde irá ficar depositada, à espera, numa “montra” de que alguém a queira.
    Ora, já há quem a queira!
    E continuo a não perceber porque se corta a capacidade a uma família de acolhimento de adoptar a criança.
    Por isso, repito:
    QUE MERDA DE LEIS SÃO ESTAS?
    Bjs
    LC

    • soniapessoa Says:

      Desculpa Jorge!… mas concordo com o Luís. As crianças continuam a ser as vítimas de um sistema obsoleto, medíocre e que não olha aos interesses das crianças. E isso é inadmíssivel! Situações destas podem ser evitadas se os processos forem tratados com consciência, competência… e amor ao próximo. Neste casos as crianças parecem não ser mais do que um número, mais um em lista de espera. Abraço

  7. soniapessoa Says:

    Ah!Esqueci-me de referir que sim, acho que posso dizer que te conheço, e sei que quando falas não é de cor… mas mesmo assim, e sei que neste ponto concordas comigo, por causa de más leis, más aplicações das leis, más tantas coisas, as crianças ficam sempre a perder… beijo gordo

  8. Sónia…. as leis são feitas para apoiar as crianças, e acredita, esta lei nem está mal feita, o que está errado é as pessoas não se mentalizarem que quando acolhem uma criança que não é para sempre, é só provisoriamente.

    Já agora, tu sabes que as famílias de acolhimento recebem perto de 500 Euros por mês por cada criança que acolhem?…eu já adoptei um, tenho uma biológica e vou adoptar outra criança… quanto é que o estado me dá por cada uma?..o mesmo que a ti pelos teus dois filhos.

    Não Sonia, o problema não está na lei… está nas pessoas….. e continuo a dizer, acho que as pessoas que se candidatam ao acolhimento, não devem poder adoptar.

    Beijinho
    Jorge

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: