As vezes que desejei ser homem

Todas nós mulheres já desejamos pelo menos uma vez na vida ser homens… bem, eu já desejei pelo menos uma boa meia dúzia delas, e isto contado assim por alto.

Comecemos pelo lado bom. É lindo ser mulher! Não menos verdade do que a minha afirmação anterior. Depois de pesquisar no Google o que é ser mulher, entre várias, escolhi uma definição: “Ser mulher é estar em mil lugares ao mesmo tempo de uma só vez, é fazer mil papéis ao mesmo tempo, é ser forte e fingir que é frágil para ter um carinho”. Esta é uma entre muitas, gostei dela. Mas, a coisa começa a descambar logo em pequenas quando nos enfiam naqueles vestidos glamourosos e nos pregam um laçarote na cabeça… a coisa começa logo aqui a ficar deprimente!… mas a vida corre, corre bem, até ao dia em que entram, sem pedir licença, no nosso dicionário palavras como tampões, pensos higiénicos e afins, aqui a coisa descamba vertiginosamente, mas o tempo vence-nos e acabamos por perceber que “se não podes com ele junta-te a ele” e lá convivemos uma vez por mês da melhor forma possivel com esta benção que Deus nos deu! Menos mal que nem tudo são espinhos, na fase da adolescência eles têm tantas borbulhas como nós…

…mas claro, que nem tudo são rosas e este par de prateleiras que se me alojou aqui na zona frontal, teima em incomodar, e a palavra soutien começa a deixar-me à beira de um ataque de nervos… É nesta altura que os pais, leia-se sexo masculino, se armam em defensores da pátria, esquecem as borradas que fizeram nesta idade (ou porque não esquecem!), e começam a controlar-nos as saídas, impõem horas de chegada e atrelam a nós o irmão mais novo, quando este tem a pouca sorte de existir… é nesta altura que começamos a ser gente, a bater o pé e a fazer reivindicações, valha-nos ao menos isso! Conquistado o lugar ao sol, por vertigem do amor e continuação da espécie, damos de cara com o irreversível que é uma gravidez… digo irreversível, porque me lembro bem, ao fim de dozes horas de terror, me virar para a enfermeira e lhe dizer que não queria mais, que me deixasse ir embora, que ficava para outra vez!!… escusado será dizer que ninguém me deu ouvidos e a rapariga acabou por sair pelo mesmo sítio por onde entrou nove meses antes… (ressalve-se que foi o momento em que perdoei a Deus tudo o que tinha passado até ali). É claro que sobre esta experiência não chegariam posts para contar a forma estóica como se sobrevive a uma gravidez (e vão duas!), mas isso é melhor esquecer já que me deprime consideravelmente…

E a vida corre, nem tudo é bom, nem tudo é mau, mas corre… é mais ou menos nesta altura que me encontro e, porque nunca fui muito dada a certas feminilidades para as quais não tenho grande pachorra, resolvi que aquelas peles a mais que se alojam nos nossos calcanhares, e tão feiinhas ficam na sandália de verão, seriam retiradas por mim mesma poupando a chatérrima ida à pedicure… ora se elas conseguem, depois de aguentar as adversidades da vida inerentes à condição feminina, então eu também consigo!!… foi aqui que arranquei um bife ao calcanhar do meu tão gracioso pézinho e desejei ser homem… pela enésima vez nesta vida!

18 Respostas to “As vezes que desejei ser homem”

  1. Olá Sónia,
    Passo para agradecer o carinho que me deixou.
    Beijinho
    CA

  2. Mulheres e homens … podem estar em mil lugares… é bom imaginar o papel do outro… mas o nosso papel no mundo é lindo… o deles tb…
    beijinhos das nuvens

  3. Lol! Como te entendo!… Já desejei muitas vezes ser homem. Às vezes era tão mais prático…😉
    Beijinhos

  4. soniapessoa Says:

    F@, são papeis que se complementam, uns e outros não existiriam sozinhos… beijocas

  5. soniapessoa Says:

    Olá Cat, é sempre bom “ver-te”, tens toda a razão, ser homem é muito prático…
    beijos

  6. Não sei se sirvo de exemplo para uma amostragem, mas posso garantir que nunca me apeteceu ser mulher. É, de facto, muito mais prático ser homem, apesar de também ter os seus “quês”, não pensem que vocês têm o monopólio das complicações!

  7. Sorri com o texto, apreciei os pèzinhos e confesso (sem machismos!) gostei. O texto fluí, “digere-se” e…aprecia.se!

  8. soniapessoa Says:

    Obrigada João, é sempre bom vê-lo por aqui. Beijinho

  9. soniapessoa Says:

    Olá ternurinha, acredito que sim, que vocês homens não trocassem de papéis por nada deste mundo… para além de ser mais prático, dói menos em muitos sentidos… beijo

  10. Belo texto, são os vossos contras que nos atraem.

  11. soniapessoa Says:

    e se atraem…

  12. Parece que não tem nada a ver com o post, mas até tem.
    Quando quiseres escrever outro livro fala connosco…🙂
    Bom trabalho !

  13. Como é que alguém com pezinhos desses quer ser homem????
    Dá deus os bifes a quem não sei o quê…
    ;o)

  14. soniapessoa Says:

    Boa, boa…

  15. soniapessoa Says:

    Autores Editora, obrigada pela visita, pelas palavras… entretanto fui ao vosso blog e deixei lá uma mensagem, fico à espera de novidades.
    Sónia Pessoa

  16. Ser homem, é claro, deve ter suas vantagens, até porque em muitos momentos eles possuem mais direitos ou até maior prioridade do que nós,como por exemplo, na questão de emprego, em que muitas empresas preferem contratar homens para determinados cargos, os homens ainda ganham mais…mas apesar de toda injustiça, ser mulher com certeza tem muito mais vantagens. Em outros momentos, depois que passar o efeito do bife tirado você vai se lembrar, rs.bjs

  17. soniapessoa Says:

    Eu comecei por dizer que é lindo ser mulher… não esqueci!
    Beijocas

  18. Pessoinha Says:

    As tais “peles” são mesmo inestéticas. Eu tento dizimá-las diariamente mas chego a um ponto que tenho de ir ter com a pedicure. Tenho um medo terrível de cortar 1 bife no pé! lol!

    xinhus

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: